2,34 milhões de metros de cabos foram furtados no 1º semestre

Segundo a Conexis, volume representa uma alta de 28% em relação ao semestre anterior.

Crédito: Divulgação

De janeiro a junho de 2022, 2,34 milhões de metros (2.340 Km) de cabos de telecomunicações foram furtados ou roubados no país, informa a Conexis Brasil Digital. Essas ações criminosas deixaram mais de 4 milhões de clientes sem acesso a serviços de telecomunicação e, com isso, privados de contato com serviços como polícia, bombeiros e emergência médica.

Segundo a entidade, o volume representa um aumento de 28% em relação ao semestre anterior, quando foram furtados 1,83 milhões de metros. Essa alta ocorre depois de o setor ter registrado uma queda de 11% no volume de cabos furtados ou roubados em 2021, na comparação com 2020.

O valor furtado no primeiro semestre deste ano retoma o patamar registrado no primeiro semestre de 2021, quando foram furtados ou roubado 2,3 milhões de metros de cabos de telecom. São Paulo, Paraná, Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro são os estados que mais sofreram com o problema.

Entre os estados que mais registram esse tipo de crime, o Espírito Santo foi o que registrou a maior alta. O volume de cabos de telecom furtados ou roubados no estado cresceu 162% na comparação com o semestre anterior e frente ao primeiro semestre de 2021 mais que triplicou, registrando um aumento de 245%.

São Paulo, que segue sendo o estado que mais sofre com essas ações, registrou um aumento de 16% no volume de cabos furtados na comparação com o semestre anterior, mas registrou uma redução de 21% na comparação com o primeiro semestre de 2021.

O Paraná registrou aumento de 29% frente ao semestre anterior e alta de 113% na comparação com o primeiro semestre de 2021. Já o estado de Minas Gerais registrou alta de 74% frente ao segundo semestre de 2021. No Rio de Janeiro houve queda ante o semestre anterior em função do trabalho de autoridades.

Volume de cabos de telecomunicações furtados ou roubados:

São Paulo: 490.761 metros
Paraná: 487.733 metros
Minas Gerais: 317.342 metros
Espírito Santo: 182.063 metros
Rio de Janeiro: 161.751 metros (Com assessoria de imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10502