XP e Rico lançam fundo que replica ETF da Vanguard

Com aplicação mínima de R$ 100, o Trend Crédito Global oferece diversificação ao replicar fundos de índice da gestora Vanguard.
XP e Rico lançam fundo que replica ETF da Vanguard - Crédito: Freepik
Crédito: Freepik

Em meio ao cenário atrativo para a renda fixa global, a XP e a Rico anunciam o lançamento do fundo Trend Crédito Global, um dos poucos veículos de investimento desta classe voltado a investidores em geral.

O produto investe em ativos de renda fixa no mundo todo e busca replicar o desempenho de ETF da Vanguard, uma das grandes gestoras do mundo. O Trend Crédito Global possui aplicação mínima de R$ 100 e taxa de administração de 0,5% ao ano, com proteção cambial.

“Estamos acompanhando uma tendência de alta nas taxas de juros ao redor do mundo, que favorecem investimentos de renda fixa”, avalia Danilo Gabriel, gestor de fundos da XP Asset. “Existem diversos fundos de renda fixa nacionais, mas poucos com exposição a mercados internacionais, e principalmente abertos a investidores em geral, não só os qualificados. Este novo produto amplia possibilidades de diversificação da carteira a todos.”

Ao replicar o ETF Vanguard Global Aggregate Bond, o fundo Trend Crédito Global investe em cerca de 8 mil ativos de renda fixa, entre títulos soberanos, dívidas corporativas, dívidas de instituições financeiras e securitizados. O ETF da Vanguard busca replicar o índice Bloomberg Global Aggregate Float Adjusted and Scaled, que agrega ativos de renda fixa governamentais e corporativos de diversos países, incluindo Japão e Alemanha.

“A alocação global permite uma distribuição estratégica dos ativos. Mais de 40% do fundo é aplicado em títulos de renda fixa dos Estados Unidos, mas também possui ativos em moedas de outros países da Europa e Ásia, por exemplo.”, explica Felipe Dexheimer, head de Alocação de Recursos da XP Asset. “Uma carteira diversificada em classes de ativos e títulos propicia uma relação de risco-retorno mais atraente aos investidores e uma forma de se proteger dos riscos da economia brasileira”, acrescenta.

Os aportes no fundo são cotizados em um dia útil e o período de resgate é de quatro dias corridos, com liquidação em dois dias úteis após a cotização do resgate.

(com assessoria)

Avatar photo

Redação DMI

Artigos: 1782