Vendas do Tesouro Direto batem recorde em 2021

A venda de títulos públicos pelo Tesouro Direto cresceu 32,4% no ano passado, na comparação com 2020, atingindo R$ 32,583 bilhões.
Figura conceito de investidor colecionando ganhos em gráfico ascendente - Crédito: Freepik
Crédito: Freepik

A venda de títulos públicos pelo Tesouro Direto cresceu 32,4% no ano passado, na comparação com 2020, atingindo R$ 32,583 bilhões, informou nesta terça-feira, 25, o Tesouro Nacional.

As vendas de títulos atingiram R$ 3,293 bilhões em dezembro do ano passado e os resgates totalizaram R$ 1,687 bilhão, sendo R$ 1,502 bilhão relativos a recompras, superando os resgastes em R$ 1,791 bilhão.

O valor registrado em 2021 foi o maior da série histórica, iniciada em 2002, quando o Tesouro Direto foi criado, e ocorre em meio à disparada da inflação no Brasil e ao aumento dos juros básicos pelo Banco Central.

Já o resgate de títulos públicos em 2021 foi de R$ 23,543 bilhões, uma queda de 11,8% em relação ao registrado em 2020, quando os resgates somaram R$ 26,704 bilhões.

Com isso, em 2021, a venda de títulos pelo programa superou as emissões em R$ 9,040 bilhões.

Títulos mais procurados

Os títulos mais procurados pelos investidores foram os corrigidos pela taxa básica de juros, a Selic (Tesouro Selic), que corresponderam a 57,6% do total. Os títulos vinculados à inflação, medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), como o Tesouro IPCA+ e Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais, tiveram participação de 32,2% nas vendas, enquanto os prefixados, com juros definidos no momento da emissão, foram 10,3%.

Em relação à rentabilidade acumulada, o destaque de dezembro foi para o título Tesouro Prefixado com Juros Semestrais 2031, com vencimento em 1° de janeiro de 2031, que registrou variação de 4,74%.

Investidores

O balanço mostra ainda que em relação ao número de investidores, em dezembro, 881.029 novos participantes se cadastraram no Tesouro Direto. O número total de investidores cadastrados ao fim do mês atingiu 16.299.139, o que representa aumento de 77,2% nos últimos 12 meses.

O número de investidores ativos chegou a 1.814.127, uma variação de 25,7% nos últimos 12 meses. No mês, o acréscimo foi de 78.761 novos investidores ativos.

A utilização do Tesouro Direto por pequenos investidores pode ser observada pelo considerável número de vendas até R$ 5 mil, que correspondeu, em dezembro, a 588.989 operações de venda de títulos a investidores ou 85% das vendas ocorridas no mês. O valor médio por operação, neste mês, foi de R$ 5.592,39.

(com Agência Brasil)

Avatar photo

Redação DMI

Artigos: 1772