TIM ganha prêmio por equidade e lança novo programa para pessoas LGBTI+

A empresa foi reconhecida como uma das melhores empresas de telecomunicações para pessoas LGBTI+ trabalharem no Brasil e lança o programa Carreiras de Orgulho

A TIM foi reconhecida como uma das melhores empresas de telecomunicações para pessoas LGBTI+ trabalharem no Brasil com a nota máxima, recebendo, pelo segundo ano consecutivo, o Selo Equidade BR, do Instituto +Diversidade e pela Human Rights Campaign.  A avaliação é feita com base na análise de respostas para, aproximadamente, 50 perguntas com evidências comprobatórias. A TIM gabaritou os critérios de avaliação, com 100% dos requisitos propostos pelo programa, destacando-se por desenvolver uma série de iniciativas focadas na inclusão do público LGBTI+.

“Estamos orgulhosos por mais esta conquista que reafirma o nosso compromisso e mostra a consistência da nossa atuação em prol da inclusão à toda a comunidade LGBTI+. A agenda de Diversidade e Inclusão é uma das prioridades dentro da agenda estratégica da TIM e o pilar LGBTI+ é parte fundamental da nossa jornada. Trabalhamos continuamente para criar um ambiente interno onde as pessoas possam ser autênticas, se desenvolver e evoluir na carreira, além de contribuirmos para a construção de uma sociedade mais justa, consciente e livre de preconceitos” explica Alan Kido, gerente executivo de Diversidade e Inclusão da TIM.

Com foco em promover o desenvolvimento pessoal e profissional das pessoas LGBTI+, a TIM anuncia o lançamento do Programa Carreiras de Orgulho, que contempla uma trilha de ações educativas e de desenvolvimento para empoderar e potencializar o percurso de evolução de carreira de pessoas LGBTI+ na companhia. A iniciativa vem somar a outras ações da companhia voltadas para o incentivo à empregabilidade, como o app Somos+, que divulga vagas e um banco de talentos afirmativos, ações educacionais e acolhimento da população LGBTI+; além da parceria com o app Mulheres Positivas onde a operadora disponibiliza cursos e divulga vagas para mulheres da comunidade LGBTI+.

Jornada D&I

Desde 2019, a TIM tem um Programa de Diversidade e InclusDesde 2019, a operadora tem um Programa de Diversidade e Inclusão com estratégia, governança e ações práticas em prol da ampliação da diversidade e promoção da cultura inclusiva na empresa. Durante o ano inteiro a TIM reforça seu compromisso e atuação por meio de projetos de grande alcance, focados na conscientização, combate à discriminação, empregabilidade e desenvolvimento de pessoas LGBTI+, envolvendo públicos internos e externos. No ano de 2023 foi lançado para toda a empresa o Censo de Diversidade & Inclusão, que apontou 12% de pessoas LGBTI+ no quadro de funcionários(as), percentual em linha com as estimativas demográficas nacionais. A pesquisa também foi uma ótima oportunidade para o mapeamento da experiência dessa comunidade na TIM e a construção de projetos ainda mais conectados com a real necessidade do público LGBTI+.

(com assessoria de imprensa). 

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10693