Termina disputa da Oi por ativos na África

Operadora trocou ações que tinha em operação na Namíbia por participação na Africatel

continente-africano-africa-mapaA Oi informou que acabou a disputa travada com sócia na África. A operadora brasileira enfrentava um “procedimento arbitral” no continente, movido pela Samba Luxco, ambas acionistas na holding Africatel, que tem investimentos em operadoras locais de telecomunicações.

Em junho de 2016,  Oi (através da subsidiária PT Participações) e Samba firmaram um acordo de permuta de ações. A Oi possuía 75% das ações da Africatel e a Samba detentora dos 25% restantes.

Pelo acordo, a Samba renunciou a certos direitos de aprovação e reduziu a sua participação para 14%. Em contrapartida, a Africatel BV transferiu para a Samba 34% de participação na operadora da Namíbia, Mobile Telecommunications.

“Com a conclusão de tais transações, a Samba libera a Africatel KG, Africatel BV, Pharol e suas afiliadas e sucessoras de todas as reclamações apresentadas na arbitragem, de forma irrevogável e incondicional”, diz o comunicado emitido pela Oi.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10485