TCL Mobile vai produzir smartphones no Brasil

Empresa chinesa tem como proposta se tornar uma das três maiores fabricantes nos próximos cinco anos
TCL vai produzir smartphones no Brasil
Empresa chinesa quer estar no top 3 em cinco anos

A TCL Mobile, uma das principais fabricantes de dispositivos móveis do mundo, anunciou o início da produção de smartphones no Brasil. Os primeiros modelos fabricados no país, incluindo o TCL 30 5G, já estão disponíveis para compra em varejistas. A meta é audaciosa, a empresa pretende estar no top 3 do mercado nacional nos próximos cinco anos.

“O Brasil é um dos maiores mercados de tecnologia e mobilidade do mundo. Para nós é também um país chave para o crescimento sustentável do negócio a nível mundial”, destacou Alex Cao, Country Manager da TCL Mobile no Brasil.

A gigante chinesa produzirá seus smartphones no parque fabril de Manaus em uma parceria estratégica com a GBR Componentes. A fábrica atual inicia suas operações com um potencial de produção de mais de 70 mil aparelhos por mês.

“Já trabalhamos com o grupo TCL no passado quando a mesmo utilizava as marcas Alcatel OneTouch, Alcatel e Blackberry no Brasil. Hoje temos um know-how ainda maior para atender a demanda da TCL Mobile com qualidade e competitividade”, disse Kiko Garcia, CEO da GBR Componentes.

Portfolio

Além da fabricação local dos smartphones a TCL Mobile também promete trazer ao Brasil um portfólio diferenciado. “Lançaremos produtos com experiência superior aos líderes de mercado na mesma faixa de preço deles. Entendemos que o consumidor brasileiro busca especificações cada vez mais avançadas e que merece ter suas necessidades atendidas de forma maximizada”, avaliou Raphael Rocha, diretor de Produtos e Marketing da TCL Mobile.

A empresa garante que irá oferecer um amplo portfólio de smartphones e soluções nas mais variadas faixas de preço. “O portfólio de smartphones da TCL oferecido no Brasil terá produção 100% local, já as demais linhas de produtos como tablets, notebooks, wearables, dispositivos inteligentes (IoT) e soluções para o mercado B2B devem continuar sendo importadas em um primeiro momento”, explicou Rocha, reforçando que os planos da empresa para o Brasil não são pequenos, mas sim de longo prazo.

A empresa já vinha apresentando sua linha de produtos ao mercado brasileiro, com a oferta de vários modelos, mas que eram importados.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10589