Sprint desiste de fusão com T-Mobile, nos EUA

Softbank, grupo dono da Sprint, teria se retirado das negociaçõs por não chegar a acordo sobre quem controlaria empresa resultante da fusão.

O grupo japonês Softbank, dono da operadora norte-americana Sprint, teria desistido de fundi-la com a rival T-Mobile. A notícia é do jornal nipônico Nikkei. A publicação afirma que os executivos das empresas não conseguram chegar a um consenso sobre o controle da nova operadora.

Rumores a respeito da consolidação no mercado dos Estados Unidos circulavam desde o começo do ano. A operação é defendida por analistas e acionistas das empresas, que vêem uma oportunidade de acirrar a competição com Verizon e AT&T, os dois maiores grupos de telecomunicações do país.

A notícia de que o Softbank teria se retirado das negociações derrubou as ações da Sprint em 9%, da T-Mobile em 4,8%. Também os papeis de AT&T (-2%) e Verizon (-1,3%) caíram. A expectativa do mercado é que a fusão entre Sprint e T-Mobile desencadeasse uma onda de aquisições no setor. (Com agências internacionais)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10485