SES lança mais dois satélites e confirma ativação do serviço O3b mPOWER em 2024

Equipamentos de média órbita terrestre (MEO) foram lançados ao espaço pela SpaceX no domingo, 12; cobertura global de conectividade deve ser iniciada no segundo trimestre do ano que vem
SES lança satélites 5 e 6 da constelação O3b mPOWER
Satélites O3b mPOWER, da SES, em processo de decolagem (crédito: SpaceX)

A operadora europeia SES realizou o lançamento, no domingo, 12, de dois satélites da constelação O3b mPOWER. Os artefatos de número 5 e 6 decolaram a bordo do foguete Falcon 9, da SpaceX, na Estação da Força Espacial no Cabo Canaveral, na Flórida (EUA) – veja a decolagem no vídeo.

Os satélites lançados no fim de semana se juntam a quatro equipamentos que já estão na órbita terrestre média (MEO, na sigla em inglês). Segundo a SES, com seis artefatos no espaço, já é possível iniciar o serviço global de banda larga.

Após alguns adiamentos, a previsão é de que a operação comercial da constelação O3b mPOWER comece no segundo trimestre de 2024.

Há algumas semanas, a empresa com sede em Luxemburgo informou que identificou falhas operacionais nos quatro primeiros satélites da constelação. Ao todo, a O3b mPOWER – segunda geração de satélites MEO da SES – seria composta por 11 artefatos, mas vai ganhar outros dois equipamentos como forma de atenuar a perda de capacidade dos satélites em órbita.

A produção dos artefatos adicionais, sob responsabilidade da Boeing, deve ser custeada pelo capex já comprometido pela operadora.

No momento, os quatro primeiros satélites – os de número 1 e 2 decolaram em dezembro do ano passado, e o 3 e o 4 em abril deste ano – se encontram na posição orbital alvo e estão sendo submetidos a verificações em órbita, incluindo testes de validação de sistemas que abrangem componentes espaciais e terrenos. De acordo com a SES, como parte do plano de mitigação das falhas, os satélites ainda não fabricados terão configurações atualizadas.

“Com o quinto e o sexto satélites O3b mPOWER lançados e entrando em operação nos próximos meses, estamos nos preparando para fornecer os serviços de conectividade de alto desempenho que nossos clientes precisam”, disse Ruy Pinto, CEO da SES, em nota divulgada após o lançamento bem-sucedido no domingo. “Ao construir resiliência na rede, estamos confiantes de que nossos clientes poderão contar conosco para fornecer a conectividade confiável e segura necessária para executar suas operações”, complementou.

A empresa também informou que já testou mais de 160 terminais da constelação O3b mPOWER para atender clientes de mobilidade, telecomunicações, governos e empresas. Os testes foram conduzidos neste ano.

Avatar photo

Eduardo Vasconcelos

Jornalista e Economista

Artigos: 802