Lucro do Facebook cresce 76%

Zuckerberg afirma que próxima onda da rede social deve ser a formação de grupos de afinidade

zuckerberg facebook samsung vrO Facebook registrou um crescimentos no lucros de 76% no primeiro trimestre de 2017, comparado ao mesmo período de 2016. A empresa teve ganho líquido de U$ 3 bilhões. A receita aumentou 49%, para US$ 8 bilhões, puxada pelo crescimento de 51% das vendas de anúncios, responsáveis por praticamente quase o total do resultado.

A erde social terminou março com 1,28 bilhão de usuários diários, um aumento de 18% ano a ano. Usuários mensais eram 1,94 bilhões (+17%). Da receita publicitária, 85% veio de ambientes móveis, uma elevação de 82% em um ano. Também no período a empresa contratou muito. Acrscentou quase 38% a sua contagem de funcionários, que agora são 18,7 mil.

Segundo Mark Zuckerberg, que se pronunciou sobre o balanço em seu perfil, a meta da companhia agora é fortalecer o segmento de grupos na rede social. Ele conta que os grupos reúnem, por enquanto, 100 milhões de pessoas. “Minha esperança é ajudar que 1 bilhão de pessoas encontrem grupos que fortaleçam suas relações sociais nos próximos anos”. Ele reforçou, ainda, os esforços da rede em combater notícias falsas. Mais cedo, anunciou a contratação de 3 mil pessoas dedicadas a identificar conteúdos falsos ou que firam as políticas do site.

O Facebook registrava, ainda, 700 milhões de usuários no instagram, 1,2 bilhão de usuários do Messenger, e 1,2 bilhão do WhatsApp.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10491