Hackers divulgam dados pessoais de Bolsonaro

Também vazaram informações sobre os filhos e de ministros. Polícia Federal vai investigar o caso.

O grupo AnanymousBrasil divulgou durante a madrugada dados pessoais de Jair Bolsonaro, sua família e aliados políticos. As informações foram publicadas através de uma conta no Twitter, que acabou suspensa pela plataforma. Já na manhã desta terça-feira, 2, Bolsonaro afirmou que tomaria medidas legais contra o grupo de hackers.

O vazamento incluiu números de cartões de crédito, de documentos, endereços e telefones. Também foram publicados dados dos filhos do presidente, Flávio e Carlos Bolsonaro. Vazaram ainda informações pessoais do ministro da Educação, Abraham Weintraub, da ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos Damares Alves, e do deputado estadual Douglas Garcia.

Nas redes sociais há vários grupos denominados Anonymous Brasil. Um dos mais famosos negou qualquer relação com perfil que fez as publicações.

Em linha com o que falou Bolsonaro, o ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, informou que a Polícia Federal vai investigar o vazamento. Os policiais vão apurar a ocorrência de crimes previstos no Código Penal, na Lei de Segurança Nacional e na Lei das Organizações Criminosas, segundo afirmou no Twitter. (Com Agência Brasil)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10589