Grupo Datora quer diversificar com LPWA e 5G

Grupo que tem uma MVNO no Brasil e filiais na América Latina, Estados Unidos e Europa, pretende explorar novas tecnologias de conectividade.

A base de clientes da Datora Mobile, uma operadora virtual do Grupo Datora, cresceu este ano, de janeiro a agosto, de acordo com os dados da Anatel 35%, de 200 mil para 270 mil assinantes. Esta MVNO, a primeira a receber autorização no país, é a operadora das marcas Vodafone e British Telecom no Brasil, provendo a conectividade de seus SIM Cards.

Com o crescimento da demanda por aplicações de Internet das Coisas (IoT), o Grupo Datora planeja lançar novos produtos e explorar novas tecnologias, entre elas a 5G e a LPWA (Low Power Wide Area Networks). “Até o final deste ano vamos abrir um novo escritório no Vale do Silício com o objetivo de atrair empresas que queiram atuar no Brasil, principalmente no ecossistema de IoT”, afirma o CEO e um dos fundadores da empresa, Tomas Fuchs.

A companhia é uma multinacional brasileira com filiais na Suécia, Espanha, EUA, Guatemala, Argentina e Colômbia conectando mais de 1.200 empresas nacionais e internacionais de diferentes setores. Está presente em 12 cidades brasileiras e atua nos segmentos de atacado de telefonia, IoT e M2M. A parceria com a Vodafone lhe permitiu adotar o projeto de conectividade SIM Transformation, que dispensa a troca do SIM Card quando um veículo ou equipamento chega ao país. (Com Assessoria de Imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10491