Fusões e aquisições: TI lidera negócios no trimestre

Relatório da PwC Brasil mostra que as fusões e aquisições no país cresceram 2% no primeiro trimestre

TeleSintese-labirinto-colunas-tubos-abstrato-grafico-Fotolia_144570392O primeiro trimestre de 2018 registrou um leve crescimento (2%) nas fusões e aquisições no Brasil. No período, foram anunciadas 153 transações, contra 150 negócios confirmados nos primeiros três meses de 2017. O setor de tecnologia da informação continua na liderança dos investimentos, com 24% do total de negócios realizados neste ano. Em relação ao primeiro trimestre de 2017, o setor tem um crescimento 28%.

Já para o mês de março, o resultado é negativo, com 56 transações confirmadas, uma redução de 8% na comparação com março do ano anterior. As informações constam no relatório mensal de fusões e aquisições da PwC Brasil.

De acordo com o documento, apesar da retração de março, as expectativas continuam positivas para a recuperação da economia em 2018.

Juntos, os setores de tecnologia da informação, serviços auxiliares, financeiro, serviços públicos e químico respondem por 56% dos negócios consolidados em 2018.

Capital nacional x estrangeiro

Com 62% de participação nas transações anunciadas no primeiro trimestre de 2018, os investidores nacionais somam um total de 88 negociações. Um acréscimo de 16% na comparação com o mesmo trimestre de 2017 (76 negócios).

Já os investidores estrangeiros registraram 54 negócios no período, um decréscimo de 13% em relação ao mesmo período do ano anterior (62 negócios). Os Estados Unidos, a Alemanha e a França foram responsáveis por 49% das negociações envolvendo capital estrangeiro. (Assessoria de Imprensa)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10589