Eutelsat confirma interesse na fusão com a OneWeb

Boato sobre a fusão que tomou o mercado nos últimos dias. A empresa de satélites informa, porém, que ainda não sabe se a operação será realizada
Divulgação
Divulgação

A operadora de satélite Eutelsat confirmou o interesse em se fundir com a OneWeb, rumor que tomou o mercado nos últimos dias. A empresa informa, porém, que ainda não sabe se a operação será realizada.

“Após recentes rumores de mercado, a Eutelsat Communications  confirma que se engajou em discussões com seus co-acionistas da OneWeb sobre uma potencial combinação de todas as ações para criar um líder global em conectividade com atividades GEO/LEO complementares”, diz o comunicado.

De acordo com a Eutelsat, a entidade combinada seria a primeira operadora de satélite multiórbita a oferecer soluções GEO e LEO integradas. Dessa forma, estaria posicionada para atender um mercado de conectividade via satélite que estima valer US$ 16 bilhões até 2030.

Impulso

A OneWeb é dona de uma rede LEO de cobertura global e experimentou um forte impulso nos últimos meses. A empresa pretende fornecer conectividade global a partir de uma constelação de centenas de satélites LEO, com seu serviço previsto para ser totalmente implantado em 2023.

Na semana passada, a Anatel conferiu à Worldvu Satellites o direito de exploração, no Brasil, de sistema de satélites não-geoestacionários OneWeb, pelo prazo de 15 anos. Serão 774 artefatos de baixa órbita que usarão a faixa de frequência 27,5 GHz.

A Eutelsat é acionista da OneWeb desde abril de 2021. Detém 23% do capital social da OneWeb, juntamente com um consórcio de investidores públicos e privados.

De acordo com os termos da transação em discussão, os acionistas da Eutelsat e da OneWeb deteriam, cada um, 50% das ações do grupo combinado.

Qualquer combinação estaria sujeita, entre outras condições, à aprovação da maioria necessária dos acionistas da Eutelsat e ao recebimento de todas as aprovações antitruste e regulatórias relevantes, incluindo investimento estrangeiro.

“Não há garantia de que essas discussões resultarão em qualquer acordo. A Eutelsat informará o mercado assim que houver novos desenvolvimentos”, conclui a empresa, no comunicado.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10373