Equifax assume custos de US$ 200 milhões com ciberataque do ano passado

A maior parte será destinada a atualizações tecnológicas e segurança além de taxas, proteções gratuitas aos atingidos e processos judiciais

cadeado-seguranca-conexao-dados-criptografiaA Equifax informou hoje que prevê que seus custos em 2018 relacionados ao enorme vazamento de dados ocorrido no ano passado devem ficar próximos a US$ 275 milhões, compensados em parte pelo US$ 75 milhões referentes ao seguro.

Esses gastos refletem, principalmente, as atualizações tecnológicas e reforços na área de segurança de dados. Estão ainda previstos taxas legais, proteção gratuita contra roubo de identidade e monitoramento de crédito para mais de 147 milhões de pessoas atingidas pelo ciberataque. Ontem, a empresa relacionou mais 2,4 milhões de vítimas que tiveram seus dados violados a partir de informações da carteira de motorista.

A Equifax informou ainda que foi objeto de inúmeros processos judiciais assim como investigações de funcionários e agências governamentais federais, estaduais, locais e estrangeiras dos EUA.

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10675