Compras on-line: Google melhora condições a competidores, diz UE

Depois do último relatório, autoridades antitruste da UE afirmam que Google melhorou as regras para a participação de competidores

As propostas do Google para aumentar a concorrência em compras on-line estão dando frutos, segundo informou hoje, 5, a autoridade antitruste da Europa, Margrete Vestager. No final de setembro, a empresa apresentou um segundo relatório, no qual deveria informar as medidas adotadas para corrigir os problemas apontados pelas autoridades em relação ao primeiro relatório de junho e que poderiam levar à aplicação de novas multas.

O Google, da Alphabet Inc, se ofereceu no ano passado para permitir a rivais que comparassem o espaço publicitário no topo de uma página de busca, dando-lhes a chance de competir em igualdade de condições. Buscava, assim, apaziguar reguladores depois que a Comissão Europeia aplicou a multa recorde de 2,4 bilhões de euros (US $ 2,8 bilhões) por favorecer seu próprio serviço.

A empresa norte-americana apresentou um segundo relatório de aperfeiçoamento de oferta de regras mais equânimes aos concorrentes no final de setembro. Em relação a este relatório, Margrethe Vestager disse que viu novas melhorias “mas ainda estamos seguindo muito de perto e ainda tomamos nenhuma decisão”. Alguns concorrentes do Google na Grã-Bretanha, França, Alemanha e Estados Unidos dizem que as mudanças ainda são restritas. (Com noticiário internacional)

Avatar photo

Da Redação

A Momento Editorial nasceu em 2005. É fruto de mais de 20 anos de experiência jornalística nas áreas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e telecomunicações. Foi criada com a missão de produzir e disseminar informação sobre o papel das TICs na sociedade.

Artigos: 10668