Bitcoin e Ether devem encerrar período de baixa

A maior criptomoeda em valor de mercado, que fechou na semana passada em US$ 29.920, chegou a US$ 31.396, com valorização de 5,8% nas últimas 24 horas.
Bitcoin e Ether devem encerrar período de baixa - Crédito: Freepik
Crédito: Freepik

O Bitcoin (BTC) encerra a sequência de nove semanas de fechamentos semanais negativos. A maior criptomoeda em valor de mercado, que fechou na semana passada em US$ 29.920, era negociada perto das 8h40 (horário de Brasília) a US$ 31.396, com valorização de 5,8% nas últimas 24 horas, segundo o Coingecko. Em sete dias, a alta acumulada chega a 6,4%.

Enquanto o Ether, moeda digital da rede Ethereum, registrava ganho de 7,1%, negociada a US$ 1.912,72. Em reais, o bitcoin apresentava ganho de 1,25%, negociado a R$ 150.352,42 e o Ethereum subia 2,03%, a R$ 9.145,32.

O Bitcoin começou sua série negativa na faixa de US$ 46.800 na semana de 28 de março, e ficou assim por nove semanas, atingindo a mínima em US$ 26.700 nesse processo. O BTC finalmente teve um aumento de 1,5% no valor na 10ª semana da tendência de baixa, encerrando sua sequência negativa de fechamento semanal.

Embora o preço do Bitcoin tenha subido para o patamar de US$ 32.000 semana passada, ele não conseguiu manter seus ganhos na faixa de US$ 30.000 devido à contínua pressão de venda, mas teve um fechamento semanal positivo, ainda que a uma taxa baixa.

O valor de mercado do Bitcoin, que atualmente domina 47% do mercado, é de US$ 598 bilhões. O desenvolvimento mais inquietante para o mercado de Bitcoin na semana passada foi o aumento na tendência dos mineradores de Bitcoin de vender suas participações em BTC.

Pensa-se que pode haver um alívio no mercado à medida que os mineradores reduzem ou interrompem suas vendas de ativos. Portanto, as atividades dos mineradores de Bitcoin serão monitoradas de perto nos próximos dias.

O início de semana positivo do Bitcoin criou uma tendência positiva para o resto do mercado, com o valor total de capitalização em US$ 1,29 trilhão. Entre as 10 principais criptomoedas, as altcoins proeminentes foram Cardano e Solana, que tiveram um avanço acima de 10%. Cardano foi negociado a US$ 0,6269, enquanto Solana subiu para US$ 43,75.

(Com Investing.com e agências)

Avatar photo

Redação DMI

Artigos: 1795