Apple revela chip M4 com foco em IA

Sistema em um chip será integrado a iPads da companhia, começando pelo novo iPad Pro; semicondutor é capaz de realizar 38 trilhões de operações por segundo
Apple apresenta chip M4 com foco na aceleração de cargas de trabalho de IA
M4, chip de IA da Apple (crédito: Divulgação/Apple)

A Apple apresentou, nesta terça-feira, 7, o chip M4, processador com foco em Inteligência Artificial (IA) que estará em sua próxima geração de iPads. A big tech anunciou que o novo iPad Pro já contará com o semicondutor.

Segundo a companhia, o M4 é um sistema em um chip (SoC, na sigla em inglês) construído com tecnologia de 3 nanômetros de segunda geração. O circuito integrado também promete aumentar a eficiência energética dos dispositivos da empresa. Tanto a CPU quanto a GPU do novo chip têm dez núcleos. O semicondutor traz funcionalidades como cachê dinâmico, ray tracing e mesh shading acelerados por hardware.

A Apple informou que o M4 tem uma Neural Engine – uma tecnologia embutida no chip para acelerar cargas de trabalho de IA – capaz de fazer 38 trilhões de operações por segundo. De acordo com a big tech, a capacidade é superior à de qualquer PC com IA disponível no mercado atualmente, além de ser a mais rápida já desenvolvida pela empresa.

“Junto com aceleradores de ML [machine learning] de última geração na CPU, uma GPU de alto desempenho e memória unificada de maior largura de banda, o Neural Engine torna o M4 um chip extremamente poderoso para IA”, pontuou a Apple, em nota.

O anúncio do chip ocorre em um momento em que os investidores demonstram impaciência com a falta de projetos ambiciosos da Apple na área de IA.

Com foco na tecnologia, big techs concorrentes vêm ganhando valor de mercado. No início do ano, por exemplo, a Microsoft, que mantém uma parceria com a OpenAI, superou a Apple como empresa mais valiosa do mundo. Há cerca de duas semanas, a dona do Google atingiu US$ 1 trilhão em valor de mercado pela primeira vez.

IA para data centers

O M4 não é o único projeto da Apple envolvendo IA. Segundo o “Wall Street Journal”, a companhia está desenvolvendo um chip de IA para rodar em servidores de data centers. O componente, intitulado ACDC (Apple Chips for Data Centers), está em desenvolvimento há vários anos, diz a publicação.

A expectativa é de que o foco do chip seja permitir a operação de modelos de IA em servidores, e não em treinamento de sistemas generativos. Em conferência de resultados financeiros na semana passada, Tim Cook, CEO da Apple, indicou que a empresa está investindo em IA e que terá grandes anúncios em breve.

Avatar photo

Eduardo Vasconcelos

Jornalista e Economista

Artigos: 847